Paulo Guinote – Paradoxal (Ou Não)

“Embora em alguns casos seja feitio, esta é uma das heranças mais nefastas da aliança entre o eduquês pró-sucesso a todo o custo e a métrica do pseudo-rigor só alcançável pela grelha que privilegia o registo que representa o acto em vez de se preocupar com o acto (educativo) em si.”