Grelhas e Flexões — O Meu Quintal

Já por mais de uma vez reparei e destaquei a coincidência entre defensores de uma enorme flexibilidade curricular com uma humanista mudança de práticas e o apego aos bons e velhos métodos de grelhar tudo e mais alguma coisa em nome de uma rígida objectividade da avaliação. Também já me contaram que é malta que, quando assume a pele de “formador@” esquece tudo o que disse sobre a adaptação dos métodos de ensino aos grupos e indivíduos que lhes cabem em sorte.

via Grelhas e Flexões — O Meu Quintal

A dureza do trabalho letivo no 1ºciclo

primeiro ciclo

Estudo do Conselho Nacional de Educação revela que quase um terço das turmas do 1.º ciclo do País misturam alunos de anos diferentes

Quase um terço das turmas do 1.º ciclo (32%) combinam na mesma sala de aula alunos de vários anos de escolaridade, revela o estudo “Organização Escolar – As Turmas”, do Conselho Nacional de Educação (CNE), divulgado ontem à tarde. Esta situação abrange 28% de todos os estudantes destes níveis de ensino, correspondendo a um total de 94317 alunos.

De acordo com o CNE, “em 43 concelhos, pelo menos 60% das turmas incluem alunos de mais de um ano de escolaridade”, sendo que “a quase totalidade” deles estão situados no Interior do País. Num caso extremo, em Alcoutim, “todas as turmas existentes têm esta constituição”.

A maioria dos casos diz respeito a turmas que envolvem dois anos de escolaridade sequenciais, mas existe também no País um total de…

View original post mais 20 palavras