Professores em luta

Parece começarem a reunir-se as condições para uma tempestade perfeita como a que aconteceu em 2013.
Os sindicatos estão a apalpar o pulso ao descontentamento dos professores e a sentir que aquele que ficar de fora só terá a perder.

As diferenças de camisolas estão a ficar de lado e parece compreenderem que têm de estar, acima de tudo, ao lado do interesse dos professores.
Agora só lhes resta agarrarem juntos a bandeira dos professores e a nós, materializarmos o que temos sentido em algo tão grandioso como o nosso descontentamento.

Carlos Santos no facebook

160520171122-719-172maiolutaprofessores

Anúncios

ACABARAM-SE OS REBUÇADOS PARA O 1.º CICLO. E FINOU-SE O RESPEITO!

Continuamos no meio… para o que dá jeito, igual ao Pré escolar, para outras, igual ao 2° Ciclo
Então? E A NOSSA ESPECIFICIDADE?
Cada vez mais, somos ignorados e prejudicados em relação aos restantes!
Greves? Venham elas!  Maria José Machado

Estou tão desesperado que farei qualquer greve, mesmo sem saber se terei vantagens futuras. Duilio

Quem se preocupa com os Professores do 1.º Ciclo?

| ACABARAM-SE OS REBUÇADOS PARA O 1.º CICLO. E FINOU-SE O RESPEITO!

O que se anuncia, em forma de comunicação final – sem grande margem para alterações suscetíveis de repor alguma dignidade e justiça surripiada aos docentes do 1.º Ciclo – é a cristalização de uma afrontosa inquidade imposta pela atual tutela há um ano: o prolongamento, em duas semanas, do calendário escolar.
Vai dar-se um rebuçado aos colegas do Pré-escolar – distribuição equitativa de pechisbeques… – com a equiparação do seu calendário escolar ao do 1.º Ciclo.
Conclusão a retirar: este ME, como o anterior, goza, amesquinha e apouca um grupo de professores em concreto, sabendo que pouca (ou nenhuma) oposição terá dos sindicatos. De novo, um “doce envenenado”, dado com o cínico propósito de »dividir para reinar», i.e., virar educadores contra professores do 1.º Ciclo.
Para umas coisas, quando convém à tutela, o 1.º Ciclo e o Pré-escolar tem especificidades que importa salvaguardar. Para outras, quando, de novo, convém ao ME, os Educadores e os docentes do 1.º Ciclo são equiparados sem apelo nem agravo aos demais.
Nesta atmosfera de colaboracionismo hipócrita, que tem unido sindicatos e consecutivos executivos governamentais, as vítimas do costume continuam a ver a sua vida e a sua saúde andarem para trás.
Ah! Adiram a todas as greves para continuarem a fazer número e ruído para proteção dos direitos dos outros, que nunca foram (nem são!) solidários connosco!
ACORDA professor(a) do 1.º Ciclo!
https://ionline.sapo.pt/564564

Calendário Escolar para 2017-2018, virtudes e vícios. — ComRegras

Tão só reflexões pessoais. Em meu nome, resultantes da minha experiência, das minhas vivências. Alerta feito, passo aos temas. Li hoje, no Jornal I, algum do conteúdo que o Ministério da Educação propõe para o Calendário Escolar do próximo ano letivo, e, consequentemente para o funcionamento dos estabelecimentos escolares e a “vida das famílias.” Segundo…

via Calendário Escolar para 2017-2018, virtudes e vícios. — ComRegras

Proposta de Calendário Escolar para 2017-2018 — ComRegras

A novidade é que o Pré-Escolar vai terminar ao mesmo tempo que o 1º Ciclo, (uma semana mais cedo) porém, continuam a ser os mais novos a permanecer mais tempo nas escolas. É o que chamo o calendário a tempo inteiro… Aulas começam entre 8 a 13 de setembro. As aulas do próximo ano para o primeiro ciclo terminam a 22 de junho.

via Proposta de Calendário Escolar para 2017-2018 — ComRegras

Esperança

O parlamento aprovou hoje três projetos de resolução sobre os professores, apresentados por CDS, BE e PCP e nos quais é pedido, por exemplo, que o Governo “proceda ao reposicionamento” dos docentes “no correspondente escalão da carreira”.