Greve dos professores

Greve dos professores

 Para amanhã a Fenprof decretou uma greve dos professores.
Os fundamentos são conhecidos de toda a classe docente (descongelamento na progressão na carreira; condições favoráveis na aposentação; novo concurso extraordinário de vinculação de professores; definição correta do que é letivo e não letivo no horário do professores) enquanto o resto da população faz uma vaga ideia do problema.

19146173_10158787197440433_1120395451368180272_n

 

Maria Laura Correia – escreve ao ministro

Sr Ministro da Educação, sou professora do 1ºciclo tenho sessenta anos, e já quase 39 anos de serviço, sinto-me muito cansada. Sempre esperei que os professores do 1ºciclo, por não terem redução da componente letiva ao longo dos anos fossem “beneficiados”com uma reforma mais cedo. Não só não o tivemos, como vimos aumentado o nosso horário diário, e a redução sr Ministro, só de cinco horas, e depois dos sessenta. Enquanto nós, ficaremos com um horário de 20h, se beneficiarmos das cinco horas, os nossos colegas com o mesmo tempo de serviço trabalharão apenas 14h. Onde está a igualdade? Não me consigo conformar. Vivo sempre a contar o tempo, e muitas vezes vejo-me obrigada a parar com atestado médico psiquiatrico.

Com os melhores cumprimentos, a professora do 1ºciclo, Maria Laura Neves de Almeida Correia

ac18d-fotos2bindisciplina2bescolar

De Acordo

O Meu Quintal

ME e sindicatos estão de acordo em relação à greve, pois reuniram-se para falar do mesmo, em amplo ambiente de diálogo sem qualquer proveito. Mas ao menos gostam uns dos outros, sempre é uma vantagem. O Centeno é que é mau, como eram o Gaspar e a Maria Luís ou o Teixeira dos Santos.

Andaram a dizer que os serviços mínimos, legislados especificamente para a Educação desde 2014, não existiam. Agora anda a discutir-se se “vigilantes” se aplica apenas aos que são efectivos, se igualmente aos suplentes. Bizantinices em tempo de estio.

O que vale é que – diz o ME – vão passar a burocracia para as autarquias. Quer dizer que para o ano serão os auxiliares administrativos das câmaras a preencherem-me as papeladas e relatórios, para eu me concentrar na Pedagogia?

transpira

Ver o post original