9 passos para estabelecer limites de forma eficiente

L…1 – Não se perca com o excesso de explicações

É importante que a criança saiba o motivo pelo qual está cumprindo determinada regra, pois além de aprender a respeitar a autoridade, ela entenderá de que forma aquilo que foi estabelecido contribui para o seu próprio bem e para o bem do ambiente em que vive. Mas quando você determina uma regra ou explica uma tarefa, deve exigir a atenção da criança. Se ela não entendeu a explicação, perguntará eventuais dúvidas. Porém, tome cuidado com os porquês em excesso. Explique o motivo essencial que a ação foi estabelecida e faça a criança entender que é preciso cumprir.

2 – Seja firme

Não é ser rude, mas firme. Dê apenas um aviso, se ficar solicitando muitas vezes a mesma coisa, a criança perceberá insegurança de sua parte. Peça apenas uma vez.

Uma curiosidade muito interessante é que apenas 30% de nossa comunicação é verbal, ou seja, através das palavras. Os outros 70% são através de gestos, expressões e tonalidade de voz. Cuidado para não gritar ou exagerar, isso mostra insegurança e descontrole de sua parte.

3 – Cuidado com as recompensas

A maior recompensa que você pode dar ao seu filho é uma boa educação. Portanto, não ofereça prêmios materiais em troca de atividades que ele precisa aprender a desenvolver. Se fizer isso ele não entenderá suas obrigações e só irá realizar mediante gratificação.

Nesse caso o NÃO DAR a recompensa fará com que ele entenda que está desempenhando uma atividade para seu aprendizado e que nem tudo na vida é pago ou recompensado com dinheiro ou coisas materiais.

Ao invés de se concentrar em questões materiais, incentive-o a realizar e o elogie quando fizer algo diferenciado, ou quando conseguir realizar uma tarefa que foi solicitada. O elogio e a presença é um grande incentivo para a criança…

ebook ana rafaela insta.jpg

Fonte: 9 passos para estabelecer limites de forma eficiente