Os Detalhes da Propaganda Negocial – 1

“Há quem o faz por pura má-fé, há apenas quem seja imbecil. Mas eu sei que ainda há quem seja inteligente e íntegro, apenas mantém a ingenuidade de querer acreditar em tudo o que lhe dizem com fonte “oficial”. Quantas vezes eu tentei explicar isto, por escrito ou mesmo de viva voz? Perdi a conta.”

O Meu Quintal

O Rui Cardoso divulgou no blogue do Arlindo o documento que o ME terá apresentado aos sindicatos na passada 6ª feira: APRESENTACAO-REUNIAO-15-12-VF. A coisa em si tem bastante informação, apresentada numa forma que se aproxima da propaganda, pois começa (pp 3 e 5) por mencionar medidas tomadas que pouco ou nada têm a ver com o actual processo negocial. Existem, porém, alguns detalhes que nos ajudam a perceber melhor a insistência do Governo e da equipa das Finanças, de que a da Educação é há uns quantos mandatos mero apêndice operacional para estas questões, em insistir na sua operação mediática de amesquinhamento dos docentes para melhor insistir em medidas claramente injustas.

Vamos lá por ordem. Comecemos pelo quadro seguinte:

Progresspes

Existem aqui uns quantos truques se lermos a última linha da página, na qual se escreve “apenas considerando o requisito de tempo previsto no ECD”. E a questão mesmo…

View original post mais 325 palavras