A grande festa

Observamos a persistência de práticas de clientelismo político (a isenção de IVA, os destacamentos, a assessoria, etc) sendo aplicadas de forma explícita, por todos os partidos,  sem que ninguém se preocupe, pois as eleições ainda estão longe, e no imediato os interesses próximos são prioritários.

Help

“Estamos perante um cartel de partidos.” , “Os partidos juntam-se nas traseiras para se organizar entre eles.” José Miguel Júdice

Melhor Educação os meus votos de 2018 – Escola Portuguesa

1. Prioridade às escolas e a quem nelas trabalha. Uma política educativa centrada, de uma vez por todas, nas escolas e no trabalho quotidiano de alunos e professores, em vez de se submeter aos preconceitos e ideias feitas de académicos e políticos. 2. Valorizar os professores e a sua carreira. O reconhecimento da importância social […]

via Melhor Educação: os meus votos para 2018 — Escola Portuguesa

Escola Pública

O controle que cria os papeis   é  adorado por toda a estrutura hierárquica acima dos professores que trabalha diretamente com os alunos . Vivem disso e para isso.

Para além dos que estão hierarquicamente acima dos professores, existem em Portugal outros grupos que trabalham indiretamente  para as turmas. Os professores de apoio, (primeiro ciclo) os professores bibliotecários, apenas com uma turma do segundo ciclo para cima, e os professores do ensino especial.

Os gráficos apontam o dedo aos professores, sem razão, pois deles não depende a gestão de recursos. A maioria, com muitas   turmas  (alunos demais) algumas de 30 alunos, ou turmas mistas (vários anos, e NEE em excesso) no primeiro ciclo.

A comparação com sistemas de ensino de países mais ricos demonstra falhas, que só uma reforma corajosa,  podia corrigir.

Nada no horizonte, para além do conhecido regresso ao passado, o paradigma da flexibilização, Não há coragem de afrontar os grupos com poder no ME para  melhorar a nossa escola pública.

Ideia

(não era por acaso que o anterior ministro, de má memória , trabalhava no Palácio das Laranjeiras, que de bom  tinha a distância que mantinha de  grupos com poder que o temiam)