Os desautorizadores – Luís Costa

Há uma longa lista de desautorizadores da classe docente, da qual também fazem parte, como é do conhecimento geral, muitos professores. São muitos os actantes, e os efeitos são proporcionais ao investimento e à concorrência. Hoje, porém, cingir-me-ei aos grandes protagonistas. O poder político tem sido, na minha perspetiva, o grande dinamizador desta imperdoável açãoContinue a ler “Os desautorizadores – Luís Costa”

Proposta para a reforma dos professores — ComRegras

A idade dos professores é um efetivo problema, o cansaço é muito grande e a desmotivação de ver a idade da reforma a fugir, agregado ao congelamento de uma década, coloca muito dos professores mais experientes para lá do ponto de saturação. O Rui Cardoso, vizinho no blogue DeAr Lindo, apresentou uma Proposta Ficcionada para a…Continue a ler “Proposta para a reforma dos professores — ComRegras”

Discordo de tudo o que Crato trouxe para a política educativa

Gostaria algum de nós de ser tratado por um médico que, na universidade, tivesse aprendido Literatura Germânica, não tivesse prestado grande atenção à Anatomia nem à Histologia, mas que tivesse sido fantástico a “aprender a aprender”? Gostaria algum de nós de andar num avião mantido por uma equipa de mecânicos que, na sua escola deContinue a ler “Discordo de tudo o que Crato trouxe para a política educativa”

Que pena não ter dito mais…

Ana Reis No primeiro ciclo não se trabalha, e nem é nada difícil pôr uma criança a ler, etapa fundamental da vida….. que senão for bem feita compromete todas as outras. Colega tenho 32 anos de serviço, alguns infelizmente na gestão, e conheço e vejo muito, os horários são uma afronta, em fim de carreiraContinue a ler “Que pena não ter dito mais…”

Aposentação dos monodocentes, erro do passado ou injustiça do presente?

A resposta do nosso primeiro ministro na Assembleia da República foi clara e favorável a uma alteração na legislação, que tarda em sair. Um país justo não pode passar do 8 ao 80, na maneira como trata um grupo de docentes. António Carvalho A todos/as os /as que se manifestam contra as comparações, digo-lhes queContinue a ler “Aposentação dos monodocentes, erro do passado ou injustiça do presente?”

Os professores: as generalizações são perigosas

Os professores: as generalizações são perigosas Creio que poderemos concluir que muitos professores merecem o nosso reconhecimento e valorização e é por eles e com eles que o sistema educativo tem vindo a melhorar a sua performance. Façamos-lhes justiça: quando quiser atingir alguns (professores), afine a mira e atire em cheio. Se não souber fazer,Continue a ler “Os professores: as generalizações são perigosas”

Indisciplina sufoca Escola Pública

Vou permitir-me ser politicamente incorreta. Normalmente há grandes pruridos em falar de indisciplina nas escolas e assumi-la como um verdadeiro problema com todas as consequências que daí advêm. Esta questão nunca é verdadeiramente discutida nas escolas, porque não se assume como um problema da escola, mas sim do professor… Sofia Canha Os programas são extensos!Continue a ler “Indisciplina sufoca Escola Pública”

Como lidar com o bullying?

Antes de falarmos sobre como combater o bullying, é necessário compreender esse fenômeno e dar a ele a devida importância. O pensamento de que o bullying é apenas uma brincadeira de criança já está mais do que ultrapassado. O problema é grave, vem crescendo e pode acarretar consequências significativas para as crianças no período escolar […]Continue a ler “Como lidar com o bullying?”

José Afonso – no sete pecados (i)mortais

Grândola vila Morena Zeca Afonso partiu há vinte e oito anos, deixando uma saudade imensa entre os portugueses. Ele era a personificação musical das melhores conquistas do 25 de abril de 1974: liberdade, fraternidade, democracia. Na década de sessenta e setenta ele foi a voz do povo na luta contra o fascismo, a ditadura, aContinue a ler “José Afonso – no sete pecados (i)mortais”

ComRegras

Análise e debate sobre (in)disciplina e educação em geral.

A Estátua de Sal

As palavras têm a leveza do vento e a força da tempestade. Vitor Hugo