Greve, o desespero e o calculismo

Sem purismos mas amanhã faço greve… não que creia que faça a diferença pois isto já não vai lá com greves, reuniões e afins… só mesmo “à bomba”… Faço-a que o meu trabalho continua a satisfazer muitas “festas” e “festazanas” por esse país fora e ninguém quer saber de trabalho sério e com seriedade!

Ministro garante que vai “lutar radicalmente” pelos direitos dos professores

Será assim

O desafio está lançado: “Se estão insatisfeitos façam greve!”, foi assim que o governo acabou a reunião!

3d52c-sad2bteacher

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s