De Acordo Com Esta Denúncia da Fenprof Sobre o Ensino Especial e a “Inclusão”

O Meu Quintal

Mais uma área em que parece que quem influencia a legislação, aparece depois a assegurar a formação (fornecida por convite) mesmo antes de haver formalmente lei.

ME promove formação contínua sobre quadro legal que não existe!

Que se pretende?!

Formatar profissionais para medidas que negam a própria inclusão?

(…)

Face a este quadro, a FENPROF entende que o Ministério da Educação deverá ser transparente, esclarecer os objetivos da formação que tem estado a ser promovida (para além de aproveitar o financiamento comunitário que obteve, claro), informar a comunidade educativa e a sociedade em geral sobre quais as alterações que, na sequência do debate público que promoveu, serão introduzidas no projeto que esteve em discussão e, eventualmente, recuar e retomar a discussão, até à consagração de um diploma que sirva verdadeiramente a frequência saudável no sistema educativo de todas crianças e jovens.

Money3

View original post