Plataforma sindical marca greve às avaliações — Escola Portuguesa

Mas é uma greve frouxa, uma vez que o pré-aviso é válido apenas a partir de 18 de Junho. Só abrange, por isso, as reuniões de avaliação dos anos em que não há exames nacionais, o que retira qualquer impacto à greve. Como bem se percebeu em 2013, o que dói é o adiamento da saída das notas dos alunos que vão a exame, já que em última análise estes poderão ter de os fazer sem conhecerem as classificações internas.  […]

via Plataforma sindical marca greve às avaliações — Escola Portuguesa