A fidelidade, os barões e a dispensa de turma

Fica difícil abordar este tema sem ferir susceptibilidades. Em princípio, salvo algumas exceções, os professores sexagenários não têm turma, e estão na sua maioria remetidos para serviço de Apoio Educativo. Seguem-se os cargos de adjuntos de direção, coordenações  (escolas com muitos alunos) e destacamentos (na maioria dos casos parciais) em sindicatos.

Tudo para continuar no próximo ano letivo, assim como o DOAL, que não tem as novidades que os sindicatos desejavam. As turmas do 1º ano ligeiramente mais pequenas, mas sem promessas de acabarem com as turmas com NEE em excesso e dois ou três anos de escolaridade juntos.

22096179_10203293429814585_6677287278086572579_o
A reforma no sistema educativo nesta legislatura está feita e não se recomenda. A greve segue dentro de momentos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s