Professores: como recuperar o que se perdeu nas lutas que não se travaram?  — A Estátua de Sal

(Daniel Oliveira, In Expresso Diário, 15/11/2017) Parece que temos mais facilidade em lutar com quem negoceia do que com quem impõe. Esta greve está certa. O que esteve errado foi o que deixámos que nos fizessem. E não vale a pena ter ilusões: nunca se recupera o que se perdeu nas lutas que não se travaram.

via Professores: como recuperar o que se perdeu nas lutas que não se travaram?  — A Estátua de Sal

Compreensão escrita

– O que achaste da leitura que fizeste?
 Bem.

– Com que personagem te identificas?
– Com todas.

– Porquê?
– Porque sim.

– Que terias feito no lugar dela?
– O mesmo.

– Que pensas do final?
– Parece-me bem.

– De que parte da história gostaste mais?
– De todas.

Adaptado daqui. (por António Duarte)