Concordo com o post do Arlindo

  • Anda a maioria muito verde em matéria de legislação laboral (incluindo sindicatos).
  • O pré-escolar nem para as estatísticas do ME conta, apesar de ter sido decretada greve para este nível de ensino.
  • Ficamos a perceber que o Conselho de Docentes do 1.º Ciclo conta pra muito pouco;
  • Que os regulamentos internos das escolas estão quase todos desatualizados nesta matéria.
  • Que apenas importa a avaliação dos alunos nos anos sujeitos a exames. Arlindovsky

Carta Fechada, de Alma Aberta e Coraçãoestroçado!

O Meu Quintal

Publicada com autorização da remetente.

Há três semanas que os professores se encontram em greve, unidos, organizados e fortalecidos, como jamais estiveram. São milhares, acima dos 95% da classe docente, lutando e reivindicando um direito que lhes assiste, indignados por lhes quererem surripiar 9 anos, 4 meses e 2 dias que lhes saíram do pelo e do bolso, e por terem um ministro da educação que só vive de futebol e dança, mais precisamente tango, não representa os interesses nem os ideais dos professores, maltratando-os e ignorando-os, dando-lhes tanga a torto e a direito!…

Do bolso, pois prescindiram de boa-fé de 600 milhões e muitos, muitos mais, que tão bem fizeram ao país, servindo a todos, enquanto parentes pobres da administração pública, gordura pegajosa, bonacheirona e insana do Estado, carne para canhão vulgarizada…

Aliás, os números falam sempre por si e são continuamente conclusivos, transparentes, credíveis e mediatizados, cânones invioláveis…

View original post mais 2.803 palavras