Carlos Santos responde à Confap

Carta aberta às confedarações e associações de pais

Exmos. Srs. representantes das Confederações e Associações de Pais e Encarregados de Educação

Por razões que estarão implícitas nesta carta, começo por transcrever do dicionário um excerto da definição de «pai».
«pai» – aquele que tem um ou mais filhos; criador, protetor; homem/mulher que exerce funções paternas/maternas; homem/mulher que cria e EDUCA criança ou adolescente (…)”

Reportando-me às declarações recentemente proferidas à comunicação social pelo representante da Confap, o qual sugeriu ao governo a mudança da lei para que a greve de professores não afete alunos, permitam-me manifestar a minha mais profunda discordância, uma vez que colide violentamente com o art.º 57º da Constituição da República Portuguesa que consagra o direito à greve, um dos mais básicos direitos conquistados pela democracia.

No seu depoimento, esse representante acrescentou que a greve pode ser contornada se as notas forem deixadas nas escolas pelos professores antes das reuniões. Afirmações graves que devaneiam algo inconcebível e altamente irresponsável. […]

36894704_10212594997771444_5902340278039085056_n

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s