A Carga da Brigada Ligeira

O Meu Quintal

Autonomia, mas com maneiras.

Há algo que ainda não foi percebido (nem pelo S.TO.P.) em todas as suas consequências: desde o início da geringonça educativa que foi acordada uma espécie de Tratado de Tordesilhas entre o ME e um núcleo de sindicatos, encabeçados pela Fenprof, para resolverem as situações entre si, sem “ruído”. Algo que já foi tentado nos tempos de Alçada/Ventura sem grande sucesso, mas com pizzas.

O que e quem “desalinhar” é atropelado pelo ME, enquanto a Plataforma assobia para o lado e diz que fez tudo de forma “responsável”.

Pelo que conheço a partir de um passado não muito remoto teremos mários pôncios e joões pilatos a dizer que não é nada consigo, sõ não lavando as mãos porque estarão a aplaudir, nem que seja em privado.

A maioria dos alunos já tem as notas atribuídas, faltando avaliar 7% dos estudantes, segundo dados do Ministério da…

View original post mais 86 palavras

Professores sem prazo de validade

Com o aumento constante da idade da aposentação, a menos simpática saída, fica a depender da sabedoria de um grupo de médicos  “junta médica”.

Caso esta saída não seja possível, fica o professor  do primeiro ciclo, que  pediu as  cinco horas de redução letiva, como professor de apoio, mas apenas se houver essa disponibilidade na sua escola.

36460027_255700221856807_4371301427629260800_n

 férias escolares  prolongadas, a tempo indeterminado!