Sticks And Stones

O Meu Quintal

As palavras não lhes importam. Arranjam outros significados. Retorcem-nas. Manipulam-nas. Garantem que é assim mesmo e de forma inabalável (irrevogável?) o que claramente não é a olho nu. Imagens ainda os incomodam, agem perante a evidência visual, a menos que possam relativizar. Tornaram-se especialistas no “jogo democrático” da democracia quadrienal e da “mesa das negociações”. Liofilizam a comunicação para o público, balsemizam os títulos, retirando-lhes sempre que possível qualquer carga de dramatismo, porque ainda temem o tal poder da imagem das mil palavras. Sentem-se senhores disto tudo, mesmo se ajoelham perante qualquer ditadura com cash flow. Colocam mexias e catrogas em pontos chave para que as dobradiças se mantenham oleadas, não se esquecem das cardonas, como se só os varas fossem culpados. Cooptam galambas. Tentam apagar a memória para que não nos lembremos que foram cúmplices ou idiotas úteis. Reforçam-se com pessoal “técnico”, almofadam-se com as conversas em off

View original post mais 154 palavras

Horários flexíveis

Aurélio José Martins‎ para FaceProf (professores no facebook)

3 h ·

Colegas, aqui alguém me pode ajudar…. Este ano, estou a dar no 1º Ciclo, 25 horas semanais, contrato anual. Tudo estava a correr bem, até que o Sr. Diretor decidiu alterar os horários. Como não conseguia arranjar professores das AEC decidiu tornar os horários flexíveis. O meu ficou de tal forma flexível que entro todos os dias às 9h e só estou livre às 17h. Como devem calcular assumi compromissos pessoais fora do meu primeiro horário, com esta alteração fiquei com a vida toda pendurada. A questão é:
– A medida do Diretor é legal?