A aposentação está tão atrasada que já nem sonho com ela

Quando os actos normais de gestão do dia a dia se conformam com tal azar – aposentação atrasada – resta um conformismo assente em desculpas esfarrapadas, do género: o mundo está perigoso para turistas, o teu cantinho no Algarve é tão bom que até os aposentados estrangeiros o escolhem como local da sua terceira vida.

As petições relativas à “Aposentação antecipada”, com demonstrações inequívocas do tempo de serviço que cada docente vai trabalhando a mais, ao longo da carreira  têm caído em saco-roto, contam com a simpatia do primeiro ministro e oposição da maioria dos sindicatos, que considera este assunto encerrado. 


“Dos 50 aos 55 anos, a diferença passa a ser de 500 minutos e, dos 55 aos 60, é de 600 minutos. A partir dos 60, volta a ser de 500. E falta contabilizar as reduções por exercício de cargos que é igualmente significativa. Pelas minhas contas, considerando 165 dias letivos por ano (33 semanas), ao fim de 40 anos, a diferença situa-se no correspondente a 16,5 anos letivos ”    António Carvalho

férias totais

Uma opinião sobre “A aposentação está tão atrasada que já nem sonho com ela”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s