Progressões na carreira

Francisco Teixeira

20 de dezembro às 20:57

Muita malta ainda não percebeu, mas quem progrediu, por via do descongelamento, antes de 31 de dezembro de 2018, só verá contados os 2 anos, 9 meses e 18 dias que o governo quer recuperar aos professores, no final do escalão para que então progrediram.
Ou seja, quem progrediu ao sexto escalão este mês de dezembro, ou antes, só verá aquele tempo recuperado daqui a quatro anos, quando chegar ao sétimo escalão.
Bem entendido, quem tenha progredindo este mês ao nono escalão não recuperará um dia que seja, já que progredindo daqui a quatro anos ao décimo escalão já não tem mais para progredir, o que, por maioria de razões acontecerá com quem esteja no décimo escalão.
Chapeaux para o governo, portanto! Consegue desenhar uma medida de recuperação ridícula do tempo de serviço dos professores (apenas um terço do tempo a recuperar) que só se aplica, para um número elevadíssimo de professores, daqui a quatro anos e não se aplica de todo a qualquer professor do nono ou décimo escalões.
Era difícil malabarismo mais radical!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s