Reunião para transformar a escola

radioportalegre-portalegre-educacao-ariana-cosme-reune-professores-e-psicologos-para-transformar-a-escola.html

Cerca de uma centena de professores e psicólogos do distrito de Portalegre vão participar, sábado, numa sessão de trabalho centrada na Educação Inclusiva.

Ariana Cosme, professora de Psicologia e de Ciências da Educação na Universidade do Porto e autora de obras sobre a reconfiguração da profissão docente, vai estar em Portalegre para trabalhar com os docentes e “ajudar” a mudar a prática de sala de aula, mudando o paradigma educativo.

Em declarações à Rádio Portalegre, Luísa Moreira, do Centro de Formação de Professores do Nordeste Alentejano (CEFOPNA), promotor da iniciativa, disse que “o que está em causa é uma transformação absoluta do que é o mundo da escola”.

Segundo a professora, esta transformação pretende “olhar a escola centrada em cada aluno, construindo um plano de aprendizagem individual”.

A sessão de trabalho, com o apoio da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), vai decorrer sábado no anfiteatro do agrupamento de escolas do Bonfim, em Portalegre, entre as 9h30 e as 17h30.

Uma opinião sobre “Reunião para transformar a escola”

  1. Adoro o “plano de aprendizagem individual” e adorarei ainda mais se for definido pelo próprio aluno e encarregado de educação! Os professores que não sigam as orientações e a vontade superior dos iluminados discentes deverão ser sujeitos a falta disciplinar com suspensão de 3 dias, no mínimo! Este maravilhoso mundo novo educacional vem dar o empurrão final a uma escola que está em processo de afogamento há algum tempo. O currículo self-service em todo o esplendor: o paradigma da escola obrigatória e da aprendizagem facultativa. Os velhos professores são um entrave a esta deriva pós moderna, só os pedagogos do século XXI estarão habilitados a proporcionar a felicidade instantânea aos petizes ao mesmo tempo que lhes enfiam no “bucho” as competências para os empregos que ainda não existem. O mais importante será mesmo formar cidadãos para o século XXI; consumidores acéfalos de todo o tipo de tralha impingida por um capitalismo cada vez mais voraz.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s