Uma proposta espontânea de greve (semana) com o muro da consulta sindical que determinou greve às avaliações

A FAVOR da greve

Os partidos de direita não se podem comprometer com decisões que, em situação de governação, os possa comprometer. Seria uma oportunidade perdida de verem uma nova greve em tempo eleitoral contra o governo PS, apoiado pela esquerda. Será uma não decisão na quarta feira, que vai remeter o processo para futuras negociações (Rui Rio disse que o parlamento não vai substituir o governo). Isso interessa aos sindicatos!

Esticar e não romper para manter protagonismo, numa encenação constante faz parte do jogo politico partidário. No fim quem lixa é o mexilhão!

CONTRA a greve

Os sindicatos não acreditam numa greve com percentagens significativas, caso a greve seja de uma semana completa.

Muitos professores não terão participação direta na greve às avaliações. No ano transato falhou! Envolver todos os professores não é como envolver outras classes menos numerosas e mais unidas.

É sempre possível anunciar uma meia vitória, ou vitória moral culpando terceiros. A luta continua!

Uma opinião sobre “Uma proposta espontânea de greve (semana) com o muro da consulta sindical que determinou greve às avaliações”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s