Não acredito na falta de professores tão cedo se alguns voltarem às sala de aula

O Conselho Nacional de Educação (CNE) avisa que o envelhecimento dos professores portugueses sem substitutos à vista, “aproximando‐se uma saída em massa que poderá rondar os 30.000 professores dentro de oito anos”, pode causar uma situação de “rutura”.

O número de professores é suficiente para a diminuição de alunos. Os que não lecionam são mais do que em países com mais recursos do que Portugal. Alterações indesejadas por quem se habituou a uma vida mais tranquila fora das salas de aula.

“Em democracia nós todos somos políticos” – Marcelo Rebelo de Sousa

E para quando, os professores participarem numa verdadeira democracia nas escolas, em vez do falacioso CG.

E discretamente os ditadores revelam-se e nós só queremos desaparecer!