Era Para Ter Saído Ontem No Educare…

…talvez seja bom encarar este mês de Agosto como o último de um modelo de gestão escolar que, apesar da progressiva amputação dos procedimentos democráticos, ainda mantinha algumas margens de autonomia. Em Setembro, um pouco por todo o país, isso passará a ser uma cada vez mais distante memória.

O Meu Quintal

… mas acabei por o enviar para a pessoa que estava em férias (e que já me tinha comunicado isso, pelo que a culpa é minha), pelo que fica, por agora, aqui. Tem bastante a ver com a imbecilidade do texto comentado no post anterior. E espero que seja a última prosa assim para o grandito durante os três meses de férias (ou 50 dias de acordo com o “assessor”) que vou gozar até 2 de Setembro.

O último mês do início das vossas vidas

Chegou o famoso mês de Agosto, o dos três meses de férias dos professores. Ao contrário do passado ano lectivo, embora mais envelhecidos conforme dezenas de notícias e declarações melífluas de quem bloqueou uma renovação atempada da classe docente, parte-se em romaria pacífica, com uma assinalável paz social, conseguida à custa da “flexibilização” das pretensões dos docentes, rendidos ao faseamento do que já de si…

View original post mais 493 palavras