Mais De Cinco Mil Pessoas Pedem Reforma Aos 60 Anos Para Professores Primários E Do Pré-Escolar — ComRegras

Mais de 5500 pessoas já assinaram uma petição na Internet que pede que seja possível aos professores do primeiro ciclo do ensino básico (os antigos professores primários) e aos docentes do pré-escolar reformarem-se aos 60 anos, se tiverem pelo menos 30 anos de serviço. 42 mais palavras

Mais De Cinco Mil Pessoas Pedem Reforma Aos 60 Anos Para Professores Primários E Do Pré-Escolar — ComRegras
Já cá cantam praticamente 63 anos…já virá tarde!
Anúncios

Partido Livre Propõe Acabar Com Educação Moral E Religiosa Na Escola Pública — ComRegras

Patrícia Gonçalves, número cinco da lista do Livre por Lisboa, explica ao PÚBLICO o que motiva o partido a defender a exclusão da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) do currículo das escolas públicas. Por que é que o Livre quer retirar a Educação Moral e Religiosa dos currículos? Achamos que na escola pública não…

Partido Livre Propõe Acabar Com Educação Moral E Religiosa Na Escola Pública — ComRegras

 Por que é que o Livre quer retirar a Educação Moral e Religiosa dos currículos?
Achamos que na escola pública não faz sentido haver ensino confessional. As pessoas têm a liberdade de escolher o ensino confessional que quiserem mas podem fazê-lo fora da escola pública, na escola pública isso não deve ser feito.

Como é que pretendem pôr a medida em prática?

É muito complicado. Está regulamentada a possibilidade de existir Educação Moral e Religiosa na escola pública, independentemente da confissão. Isso é um princípio para todas as religiões, se houver um número mínimo de alunos, mas na EMRC existe uma regulamentação especial que faz com que essa disciplina seja de oferta obrigatória. Isso quer dizer que as escolas públicas, do ensino básico até ao secundário, têm de prever professores de EMRC. O decreto-lei é de 2013 e dá um estatuto diferente e privilegiado baseado na Concordata. A questão aqui é que, por exemplo, os meninos do primeiro ciclo que têm EMRC podem tê-la durante o horário de aulas normal e não como as AEC (Actividades de Enriquecimento Curricular). Isso tem vindo a perturbar pais e famílias que não querem que os filhos tenham esta disciplina e acabam por tê-la ao meio do dia, sem alternativa. Há uma assimetria grande desta disciplina em relação às outras disciplinas de Educação Moral e Religiosa. A primeira coisa que o Livre acha que se deve fazer é que esta disciplina deixe de ser curricular, ou seja, deve poder ocupar extremos de horário para não estar dentro do horário normal das outras disciplinas. Não acredito que seja possível resolver esta questão de uma vez, é complicada e não acredito que os partidos mais ao centro dêem grande apoio a uma medida destas. Outro factor que achamos importante tem a ver com o pagamento dos professores. Os professores de Educação Moral e Religiosa são pagos pelo erário público, como os outros professores, e têm de ter validação do Patriarcado. Ao mesmo tempo são funcionários públicos que, se perderem a confiança do Patriarcado, não podem dar mais aulas e ficam impedidos de trabalhar. Por isso, o segundo passo é que estas pessoas deixem de ser pagas pelo erário público, deixem de ser funcionários públicos. O caminho é afastar este tipo de ensino da escola e levá-lo para a catequese, para as igrejas, onde ele deve ser ensinado.

Partido Livre Propõe Acabar Com Educação Moral E Religiosa Na Escola Pública — ComRegras

Alunos Distraídos: Sentidos E Atenção — ComRegras

Os cinco sentidos conectam-nos com o exterior, mas são físicos e a mente vai além deste elemento palpável. Pelo que a presença física que atesta que o aluno foi à aula nem sempre corresponde à sua presença realmente.

Relacionamo-nos com o mundo exterior através da nossa pele. Sentimos e através dos outros sentidos vemos, ouvimos, cheiramos e degustamos. Presentes desde o nascimento, vão evoluindo com a nossa própria evolução humana. Que papel têm na educação? A presença em sala de aula para a folha de ponto faz-se simplesmente pela presença física. Confirmamos que…

Alunos Distraídos: Sentidos E Atenção — ComRegras

Pela equidade no 1°ciclo e pré-escolar- Sindicato Professores R. Açores

“Vejam só “do que se lembraram”.
Mas, ainda bem. “Antes tarde do que nunca.” António Carvalho

https://www.facebook.com/groups/585951061435882/permalink/2884952688202363/

PETIÇÃO DOCENTES DO PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO ENSINO BÁSICO 

O presente ano escolar será marcado pela luta dos docentes da Educação Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Neste âmbito, o SPRA irá promover uma petição, dirigida à Presidente da Assembleia Legislativa Regional, que contemplará as principais reivindicações dos docentes daqueles níveis de ensino, consubstanciadas na uniformização de horários, de reduções da componente letiva por idade e antiguidade, bem como na equidade de condições pelo exercício de cargos. O próprio Primeiro-Ministro, em recentes declarações à comunicação social, veio reconhecer a discriminação de que são alvo estes docentes relativamente aos outros docentes de outros níveis e ciclos de ensino.