Paula Oliveira Magalhães no face

CADA DIA NA ESCOLA UMA AVENTURA
Como é possível crianças de 6 anos chamarem “filho da puta” a colegas , fazerem gestos obscenos ,bater-lhes , apertar cordas ao pescoço dos colegas e deixá-los marcados. Não ligarem patavina à chamada de atenção do professor e ainda tapar os ouvidos com as mãos para não ouvirem o questionário e a chamada de atenção da professora. Como é possível, pais desculparem estas atitudes e dizerem que em casa é igual. “Coitadinho do menino é nervoso”
Com um ataque de nervos fico eu. Muita falta de educação por aí circula.Para resolver a situação temos os famosos papéis de medidas Universais, que mais não servem para nos fazer perder tempo e levar-nos a perder aos poucos o controlo sobre estes meninos. E mais não digo….🤐

Paula Oliveira Magalhães

A falsa promessa

De vez em quando António Costa fala de uma injustiça por reparar. Alguns ficam com esperança que a sua vida saía da escola escola antes dos quase 67 anos, para outros o tempo terminou. A aposentação chegou já perto dos 67 anos. Numa segunda opção uma junta médica pôs termo à sua carreira de professor. Alguns com determinação médica de não voltar a lecionar vão ficando em serviço indeterminado nas bibliotecas e secretarias. Tudo em nome da sustentabilidade económica do Estado que precisa dos seus descontos.

A maioria dis sindicatos assobia para o lado e considera que ou todos ou nenhuns, o que é o mesmo que dizer, que nunca negociariam uma solução parcial nesta matéria.

Avaliação da Semana | Alunos sem professores, escolas sem funcionários, formação a pagar — ComRegras

Alunos sem professores Relegada para último plano durante o período eleitoral, a actualidade educativa vai regressando agora às manchetes informativas. Raramente por boas razões. Grande Lisboa, Setúbal, Algarve, Açores: de diversas zonas do país surgem relatos da dificuldade em preencher horários docentes. Nalguns casos as vagas ficam desertas; noutros são os candidatos que desistem depois…

Avaliação da Semana | Alunos sem professores, escolas sem funcionários, formação a pagar — ComRegras