E depois do tsunami do isolmento

A ideia de que vai ficar tudo igual ou mesmo “vamos ficar bem” é absolutamente ilusória principalmente para os mais vulneráveis da população. Como explicar às crianças que os seus avós partiram sem poderem dizer adeus? Como explicar que vão estar por tempo indeterminado em casa, sem ver os amigos e professores?

Já aqui anunciei uma iniciativa da Câmara de Portimão, que também pode servir outros concelhos. São psicólog@s. que atendem @s menin@s pelo telefone. .Provavelmente tranquilizam-nos e ajudam-nos a perceber a grave situação em que nos encontramos. Precisamos de ocupar as nossas crianças e a proximidade mesmo virtual (telefone e internet) dos professores também vai ser importante.

via telemóvel ou telefone para o 808 282 112
 apoio psicológico, sobretudo para ajudar os mais novos que estão em casa. 8h00 e as 20h00,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s