Pelo correntes – Contratar mais professores?

https://correntes.blogs.sapo.pt/contratar-mais-professores-3044201

Acentua-se a falta de professores para diversas disciplinas o que dificultará o anunciado reforço de contratação em tempo de pandemia. O problema tornou-se estrutural. Mesmo que se iniciasse uma qualquer urgência formativa, os efeitos chegariam depois de 2030. Para além disso, e é saudável que se pense também para lá da crise, mais de metade dos professores reformar-se-á nesta década e muitos cursos de formação inicial estão há anos a fio “sem alunos”. Em cada cem (ou em cada mil) alunos dos cursos “regulares” do ensino secundário, contam-se pelos dedos de uma mão os que escolhem ensinar como profissão e é surpreendente que não se motive os jovens para o ensino…

Por força da pandemia, a utilização mais eficaz de recursos humanos

Os professores que se preparem, especialmente os que contavam com menos contacto com alunos, devido a cargos ou dispensas lectivas. No próximo ano letivo, todos seremos poucos para ajudar os alunos com problemas de aprendizagem que ficaram para trás.

Libertem os professores de floreados e borucracias inúteis. Apliquem um plano eficaz no terreno, em que todos possam LECIONAR com um grupo restrito de alunos, em trabalho de EQUIPA com o Titular da turma. No caso de rotatividade dos alunos nos espaços escolares, devem constituir-se grupos de menor dimensão do que a turma tradicional. No final da utilização, limpeza e desinfecção dos espaços na mudança de turno.