Na terra dos sonhos

Em tempo de pandemia, nenhum professor devia ser dispensado de lecionar algumas horas. Sabemos das fragilidade de alguns colegas, que não vão aguentar o seu tempo letivo diário com uma máscara. Conhecemos as múltiplas dispensas lectivas e horários 0. Estamos em tempo de emergência e seria gratificante que todos contribuíssem na linha da frente com algum esforço e risco, suavizando e complementando a difícil tarefa dos colegas. A alguns sem tempo letivo, – ou com pouco – não lhe faltaria vontade. Contudo para tal ser possível era necessário legislação que o permitisse. Não acredito e discordo das orientações da Organização do Ano letivo (OAL) deste ministério. Não acredito também no altruísmo de quem deveria neste momento oferecer o seu trabalho letivo, num momento que deveria ser de solidariedade e esforço nacional. Caso estivessem dispostos a tais esforços, não se refugiariam no trabalho administrativo e sindical e teriam oferecido essa disponibilidade ao ministro nas reuniões.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s