“Mais de 6 mil Docentes no Topo”, diz o Expresso na 1ª página – Correntes — ComRegras

 Além disso, um coro mediático repete há muito que “os professores não podem chegar todos ao topo” e, não raramente, argumenta com as hierarquias militares. De modo sucinto, diga-se que um brigadeiro não realiza as tarefas de um tenente e vice-versa, mas um professor do 1º escalão pode leccionar a mesma turma que um do 10º. O cerne da profissionalidade dos professores é a sala de aula e as progressões oxigenam uma carreira horizontal. O conceito de topo não existe. De resto, há uma discussão sobre direitos e deveres a recuperar (algo de preocupante estará a acontecer quando a sociedade não se questiona sobre a perda de direitos fundamentais que exigiram lutas determinantes). Desde logo, civilizar os horários laborais para que as famílias tenham tempo para as crianças, e rejeitem a incivilizada escola a tempo inteiro, e esclarecer que os cortes nos professores atrasaram milhares (mais de 6 mil) na chegada a um escalão máximo que é o 57º da DGAEP, que há 60 mil que nunca lá chegarão e que os que entrarem aspirarão ao 80º lugar. Paulo Prudêncio

1ª edição em 19 de Janeiro de 2020. “Mais de 6 mil docentes no topo“, diz o Expresso na 1ª página (e o Público anteontem). É a insistente estratégia comunicacional da última década e meia, com o objectivo de precarizar os professores que ainda são cerca de 47% da administração central; e o olhar orçamental não resiste em…

“Mais de 6 mil Docentes no Topo”, diz o Expresso na 1ª página – Correntes — ComRegras

Novos horários do 1º ciclo em Silves Sul no ano letivo 2020/2021

Considerando que voltaremos a entrar em estado de contingência a partir do dia 15SET2020 elaboramos um conjunto de medidas que visam garantir a segurança de toda a nossa comunidade escolar.
Assim no próximo ano letivo serão estes os horários das turmas do 1º ciclo:

Para as turmas do 1.º e 3.º ANOS
A entrada no 1.º Tempo será Às 09h15
Das 11h20 às 11h50 será o tempo do intervalo da manhã
Retomam as aulas das 11h50 até às 13h00
Almoçam das 13h00 às 14h15
E reiniciam as aulas das 14h15 até às 15h30
O intervalo da tarde será das 15h30 até às 15h45
As AEC´s decorrem das 15h45 até às 16h:45

Para as turmas do 2.º e 4.º ANOS
A entrada no 1.º Tempo será Às 08h45
Das 10h45 às 11h15 será o tempo do intervalo da manhã
Retomam as aulas das 11h15 até às 12h15
Almoçam das 12h15 às 13h30
E reiniciam as aulas das 13h30 até às 15h00
O intervalo da tarde será das 15h00 até às 15h15
As AEC´s decorrem das 15h15 até às 16h:15

Pedimos a vossa compreensão para a necessidade de aplicarmos estas medidas para proteção de todos…

Máscara obrigatória no 1.º ciclo

Escola Portuguesa

covid-escolaSe não se pretende reduzir ou desdobrar turmas, contratar novos professores, reactivar escolas encerradas ou reduzir horários lectivos de forma a permitir o funcionamento por turnos, então admita-se que toda a estratégia de combate à covid-19 nas escolas reside no uso da máscara.

E se assim é, a decisão do governo madeirense faz todo o sentido: que a máscara seja usada por todos, incluindo os mais pequeninos…

O uso de máscara nas escolas da Madeira vai ser obrigatório para crianças com mais de 6 anos, indicou esta sexta-feira a Secretaria da Saúde e Protecção Civil, vincando que segue as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

View original post

Pelo Público – O porquê do não regresso à escola

E não, o distanciamento social, as máscaras e as viseiras, a separação dos alunos, os sentidos únicos nas salas e corredores, a lavagem frequente das mãos, os intervalos mais curtos, o take-away da hora de almoço, nada disto é suficiente quando é apenas uma questão de tempo até que um professor ou uma criança fiquem infectados.João André CostaÉ professor e criou o blogue Dar aulas em Inglaterra, onde vive há 11 anos.

O imperativo de uma escola para a autonomia

A escola nunca foi tão necessária nem nunca foi tão insuficiente.

Necessária, porque a maior parte das famílias não tem tempo nem espaço para educar os filhos nem para os tratar como crianças. Necessária, porque as desigualdades sociais são cada vez maiores e só a escola pode atenuá-las. Necessária porque as crianças estão cada vez mais inundadas de tecnologias e cada vez mais carentes de afeição e valores. Necessária, porque neste nosso mundo não há outro lugar onde as crianças possam aprender a construir autonomia, responsabilidade e democracia…

O Termo A Fixar É “Prevê”

………A prioridade é para alunos carenciados. Deixem-se de ideias e se o vosso pc deu o berro é adquirir outro…peça na PCdiga e receba em casa.

O Meu Quintal

E é sempre interessante quando o presidente da Confap faz de porta-voz do Governo. Há quem tenha erguido carreiras assim.

Escola Digital prevê distribuição de 100 mil equipamentos na 1.º fase

O programa Escola Digital, que prevê a distribuição de computadores por alunos e professores, vai disponibilizar na primeira fase 100 mil equipamentos, contou à Lusa o presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap).

View original post