opinião. Carla Vieira

Não costumo fazer nenhuma intervenção, até porque é antigo o que se diz “não agradamos a gregos e a troianos” mas… Quando há uma situação complicada, como esta que estamos a passar, o ser humano tende a complicar a sua própria vida e a dos outros com “sentenças” e “verdades absolutas” que dislumbram a pouca capacidade de pensar.
Sou mãe e professora. Como mãe, se um professor dissesse ao meu filho para passar uma toalhita desinfectante no seu lugar, eu ficaria, para além de satisfeita, muito mais descansada. Como professora, irei sem dúvida pedir isso porque entendo que o aluno adquire uma postura mais tranquila, sabendo que foi ele que desinfetou a sua mesa (no meu caso o teclado e o rato do seu posto de trabalho). Onde é que isto interfere com a limpeza que tem de ser feita pelos funcionários??? Porque raio se deve impedir, como pais ou professores, os miúdos de passarem uma toalhita na sua mesa? Essa ação não os transforma em “criados” do ministerio da educação…. É algo normal que traz descanso mental à pessoa.
Enfim….
Eu gostava de viver num mundo onde a ideia era ajudar e facilitar a vida e não andar sempre a conjuminar teorias da conspiração… Já basta quando as há!
E esta é apenas a minha humilde opinião num país teoricamente livre.

…e também em casa
Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s