Escolas que continuaram – e continuam – abertas durante o confinamento geral

https://visao.sapo.pt/atualidade/sociedade/2021-02-28-as-escolas-que-continuaram-e-continuam-abertas-durante-o-confinamento-geral/

 os meninos especiais?
A única criança da unidade de autismo que cá está hoje já comeu e regressou para a sala onde passará os dias úteis deste confinamento, rodeada de jogos e de outros mecanismos de estímulo indispensáveis à sua doença. Pode aqui ficar até às três e meia, o que representará um enorme alívio para os pais, que em março e abril não tiveram mesmo onde a deixar, amargura que partilharam com todos os outros cuidadores de alunos que necessitam de medidas adicionais e que não seguem o currículo escolar. “Vêm para cá essencialmente para estar com os seus pares”, explica Gorete Barros, 39 anos, professora do ensino especial e bastante agradada com esta inclusão nas escolas de acolhimento. Além das vantagens relacionais, as terapias a que são sujeitos, como a da fala ou a da motricidade, mantêm-se por estes dias, com os técnicos a virem às escolas apesar do confinamento quase geral. “Eles têm de sentir o seu dia estruturado, para poderem antecipar o que vão fazer e organizarem-se”, completa a professora que hoje se ocupa do único aluno que aqui está. Amanhã juntar-se-á outro… 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s