As prioridades da Fenprof

Professores pressionam Governo para vacinação rápida e antes de um regresso presencial às aulas

Fenprof estima que o universo total de professores e de funcionários, do ensino público e privado, ronde as 250 mil pessoas. Mas admite prioridade a um grupo menor, de dez mil professores e funcionários.

Paulo Prudêncio no Público

“Angela Merkel diz que um educador de infância ou um professor do 1.º ciclo deve ser vacinado antes dela porque não consegue manter uma distância de segurança, é porque está bem informada em relação aos riscos de se frequentar uma sala lotada de crianças que são em regra assintomáticas. E decerto que a chanceler não partilha da grave epifania a “escola é segura”.

A ministra Alexandra Leitão vai mexer na remuneração dos funcionários públicos

 A ministra da Modernização e da Administração Pública está a planear propor aos sindicatos um alongamento da tabela remuneratória da função pública e criar progressões anuais, adiantou em entrevista ao Dinheiro Vivo (acesso livre). Em março dá conhecimento aos sindicatos as alterações.