Zoom – 500.000 contas de alunos e profissionais à venda na Dark Web

O Zoom é uma plataforma de videoconferências que se tornou imensamente popular com a pandemia da COVID-19. Na verdade, o seu CEO tornou-se num dos homens mais ricos do mundo quando este software passou de cerca de 10 milhões de utilizadores para 200 milhões, no início deste mês. Contudo, a estrutura do Zoom não estava preparada para oferecer privacidade e segurança aos utilizadores e os casos começam a abalar a plataforma.

Depois do roubo de dados dos utilizadores, episódios de invasão das conversas e vídeos espalhados na Internet com gravações das reuniões, apareceram agora 500 mil contas à venda. O caso é muito grave!