As ditaduras das criaturas providenciais

As tais providências só em … «soberbas criaturas» a quem «confiam a direção suprema»

E não é que nesta fase de atrofia democrática o sistema falharia, tal a prática de obedecer sem usar o direito ao contraditório. Perderam-se hábitos de agir usando a inteligência e a vontade de todos, inviabilizando as melhores soluções e sobretudo o melhor de cada um.