Fechar as escolas sem e@d é prejudicial para os alunos mais novos e “mais fracos”

Um período tão largo de ausência do professor pode ser o fim da recuperação de alguns alunos. Quase um mês de paragem causa retrocessos difíceis de contornar. As escolas fechavam, mas as aulas online começavam na data prevista. Assim, alguns alunos trocarão o interesse escolar, pelo tédio digital ou vício de jogos deseducativos. “A escola tem de saber responder digitalmente a estas intempéries

Assim a escola como elevador social fica comprometida! Como praticamente não há chumbos o esforço é menor.
A maioria das escolas do ensino privado terá calendário diferente!