Sair com a sensação de dever cumprido

Há quem esteja sempre pronto a desertar, quer com baixa médica, quer por uma migalha de poder que lhe permita a tranquilidade de não ter turma, ou apenas uma turma. Nos últimos anos não tenho tido turma, mas fiz centenas de substituições, algumas por períodos longos. Trabalhei sempre no apoio aos colegas com turma, o melhor que sabia e podia. Talvez por isso possa chegar aos 67 anos de idade ao serviço dos alunos.

Advertisement

Uma opinião sobre “Sair com a sensação de dever cumprido”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s