Uma Questão De “Prevalência”

………..fotomontagem Luis Costa

O Meu Quintal

O ministro Tiago foi prestar esclarecimentos ao povo pelas 20.15, mas em matéria televisiva só a RTP3 lhe deu antena. Nada de novo, o nervoso miudinho a descompor-lhe ali o canto do sobrolho direito, palavras em rajadas quase em parar, um esforço imenso para dar a entender que isto só é assim porque a “prevalência” do bicho inglês estragou o belíssimo trabalho que ele acha que tem sido feito em grande parte por si mesmo. Há momentos em que quase tenho pena das figuras em que este pessoal se coloca. Não há mordomias ou futuras portas abertas (ainda acaba em “reitor”?) que compensem este tipo de prestações. Ou melhor, há para quem valha, mas somos de estirpes muito diferentes.

(o secretário, claro, anda em modo stealth…)

View original post

Todas as escolas estarão encerradas?

As escolas estão abertas para os alunos de necessidades educativas especiais. Todas as atividades relativas à intervenção precoce e o apoio às crianças com necessidades educativas especiais também não sofrerão interrupção.

Uma escola por concelho assegura a presença de alunos cujos pais são necessários aos serviços imprescindíveis.

A substituição das aulas pode parcialmente ser conseguida até ao verão.

Para os alunos que adoram a escola podem seguir na TV os  #EstudoEmCasa, canal 100

E tal como aconteceu em Março, os dois grandes grupos editorais, responsáveis pelos manuais escolares — a Leya e a Porto Editora — voltam a disponibilizar gratuitamente o acesso aos seus recursos digitais, quer a alunos, quer a professores.

Questionário das competências digitais

Escola Portuguesa

O “esquema conceptual”, que a pedagogia do século XXI não vai lá sem estes bonecos (des)inspiradores…

Nada disto é novo, especialmente interessante ou motivador. Há paletes de dinheiro europeu para gastar em torno da chamada “transição digital” e embora a parte de leão vá para as infraestruturas e os equipamentos, não faltará também para a habitual “formação”.

A este propósito, respondi hoje ao inquérito online que os centros de formação, cumprindo ordens superiores, enviaram aos professores. E irritei-me. Não tanto com as perguntas formuladas, mas sobretudo com a concepção do documento, que tem a pretensão de classificar o nível de competências digitais dos respondentes. Acrescentando, para cada resposta, um feedback que pretende instruir sobre a resposta certa e a atitude recomendável relativamente a cada item.

Respeitosamente, usei o email indicado para dar conta, ao “embaixador” do Plano no meu centro de formação, do meu protesto e das minhas discordâncias. O…

View original post mais 381 palavras

As novas medidas

Escolas continuam abertas com polícia à sua porta

Eis as novas medidas:

  • Vai ser proibida a venda ao postigo de qualquer estabelecimento não alimentar, como lojas de vestuário
  • É proibida a venda ao postigo de qualquer tipo de bebida, mesmo cafés, nos estabelecimentos autorizados a take-away
  • É proibida a permanência e o consumo de bens alimentares à porta de estabelecimentos
  • Encerrados todos os espaços de restauração em centros comerciais, mesmo take away
  • Proibidos os saldos e promoções que promovam a deslocação de pessoas
  • Proibida a permanência de pessoas em espaços públicos como jardins.
  • Pedido à limitação do acesso a zonas que convidam à concentração de pessoas, incluindo espaços para jogar ténis ou papel
  • Encerradas universidades seniores, centros de dia e centros de convívio
  • Deslocações para trabalho presencial vão necessitar de declaração escrita da entidade patronal
  • Nas próximas 48 horas as empresas com mais de 250 trabalhadores têm de enviar nas próximas 48 horas à Autoridade para as Condições de Trabalho a lista nominal de todos os trabalhadores cujo trabalho presencial consideram indispensável
  • É reposta a proibição de circulação entre concelhos ao fim-de-semana
  • Todos os estabelecimentos de qualquer natureza devem encerrar às 20h à semana e às 13h ao fim-de-semana. A excepção é o retalho alimentar que ao fim-de-semana se pode prolongar até às 17h