Professores e diretores querem apoios para despesas de deslocados

Professores e diretores defendem que docentes colocados em escolas longe de casa deveriam ter apoios para pagar as despesas, como acontece com juízes e médicos, apontando que os baixos ordenados podem ser impeditivos de aceitar as vagas.

Já do mesmo problema não se queixa sua excelência o ministro da educação!

“A falta de incentivos dificulta cada vez mais a movimentação de professores do norte e do centro do país – onde continua a haver muitos docentes desempregados ou com contratos precários – para o sul e a região de Lisboa, onde a falta de professores se agrava de ano para ano. Com uma classe docente cada vez mais envelhecida aumentam também as baixas por doença e, consequentemente, o recurso cada vez mais frequentemente a substituições ao longo do ano.”

António Duarte

Advertisement