Uma afirmação desta gravidade exigia mais ação

O Secretário-geral da FENPROF sublinhou que, em Portugal, os professores são os protagonistas de um sistema em que o ministro não passa de um figurante. Por isso, a 5 de outubro, Dia Mundial do Professor, os docentes vão estar na rua para exigir melhores condições de trabalho e respeito pela profissão.

A rotina sindical que talvez adicione a esta jornada de luta uma greve a 4 de Outubro, já teve melhor dias! Honra seja feita ao S.TO.P que tem sido consequente com a gravidade da situação da atividade docente e não docente nas escolas.
Advertisement